SESCOOP no Estado de São Paulo
Serviço Nacional de Aprendizagem
do Cooperativismo

 
 
           Login:      Senha:    
 
  
   
 
 

Institucional
Serviços
Programas e Projetos
Cursos e Eventos
Canais de Comunicação
 
  

Unimed Sorocaba patrocina bicampeão mundial de bicicross mirim
15/01/2021

A idade é pouca, mas os títulos são muitos. O sorocabano Lucas Cardoso Darriba, de apenas 10 anos, pratica ciclismo BMX – popularmente conhecido como bicicross - e já é bicampeão mundial e brasileiro, tetracampeão paulista e atleta revelação do estado de São Paulo em 2017, 2018 e 2019. Desde janeiro, ele também passa a ser um dos atletas patrocinados pela Unimed Sorocaba.
 
Segundo seu pai, Evandro Soares Darriba, tudo teve início com a inscrição de Lucas no projeto social Clube Sorocabano BMX, localizado numa área pública perto da ponte de Pinheiros. “Começou em 2015, como brincadeira”, recorda-se. Porém, dois anos depois, seu potencial já era evidente. “Em 2017, meu filho foi integrado à Associação Paulista de BMX e à Confederação Brasileira de Ciclismo. Já no primeiro ano participando de competições oficiais, sagrou-se campeão paulista, além de conquistar outros campeonatos regionais”, conta.
 
Dentro das limitações impostas pela Covid-19, Lucas continua treinando na pista do Clube Sorocabano BMX e, fora de lá, conta com o acompanhamento de um treinador próprio. Ele confessa que também gosta de videogame e de jogar bola com os amigos, mas não por muito tempo. A paixão é mesmo a bicicleta.
 
A sigla BMX se refere a bicycle motocross. É a modalidade mais popular do ciclismo e surgiu em consequência da admiração de jovens norte-americanos pelo motocross. Desde a edição dos Jogos de Pequim (2008), passou a ser uma modalidade olímpica no formato supercross (corridas em pistas de diversos obstáculos). Contudo, na Olimpíada de Tóquio – que deverá ocorrer ainda neste ano –, o BMX Freestyle, em que os atletas são pontuados por manobras feitas com as bicicletas, também estará presente.
 
E as Olimpíadas fazem parte dos planos de Lucas – muito provavelmente, na edição de 2032, por conta da regra sobre idades/categorias. “Agora, o nosso objetivo é o mundial, que será realizado em agosto, na Europa”, pontua Evandro. A expectativa é de que Lucas novamente conquiste esse título. Mas, independentemente do resultado, será mais um motivo de orgulho à cidade, ao esporte nacional e à Unimed Sorocaba, que terá sua marca vinculada a um campeão e a uma competição internacional.


Fonte: Unimed Sorocaba


  
  
 
 
© Todos os direitos reservados ao SESCOOP/SP. Este material não pode ser publicado,
transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.