SESCOOP no Estado de São Paulo
Serviço Nacional de Aprendizagem
do Cooperativismo

 
 
           Login:      Senha:    
 
  
   
 
 

Institucional
Serviços
Programas e Projetos
Cursos e Eventos
Canais de Comunicação
 
  

Sicredi Centro Oeste Paulista investe em fontes de energia renovável
30/07/2020

O Sicredi Centro Oeste Paulista alcançou uma economia estimada em 95% na conta de luz, após a instalação do sistema de captação de energia fotovoltaica.

Segundo o presidente da cooperativa, João Alberto Salvi, além da redução dos custos, o benefício para a natureza é ainda maior. “A economia de energia que vamos ter em nossas agências é um ponto importante, mas o benefício para a natureza é muito maior. Afinal, energias renováveis como a fotovoltaicam preservam sua integridade”.

Sete das 13 agências da cooperativa, além da sede administrativa, receberam as oito estações geradoras de energia elétrica que, juntas, produzem mais de 30 mil KWh por mês, dependendo das condições climáticas. Esta carga é suficiente para abastecer 120 casas com quatro pessoas, em um consumo médio de 250 KWh/mês. Além disso, a eletricidade gerada pelas usinas é compartilhada em forma de crédito entre as agências e sede regional administrativa, inclusive com aquelas que ainda não possuem o sistema, desde que estejam na mesma área de atuação da concessionária.

Esta é a primeira iniciativa sustentável do Sicredi Centro Oeste Paulista na área de Infraestrutura. Segundo o diretor de operações, Antonio Alberto Soares, a novidade tem prazo para pagamento e, após isso, é economia no bolso do associado. “Com o investimento na casa de R$ 1 milhão, conseguimos uma economia significativa na conta de eletricidade da nossa cooperativa como um todo. A expectativa é que, em quatro anos, o valor investido já tenha sido pago com a própria economia proporcionada e, a partir daí, é menos gasto com a conta e mais resultado para o associado”.

As placas de energia fotovoltaica têm garantia de dez anos e durabilidade estimada de 25 anos, que pode variar de acordo com as intempéries do tempo como chuva, poeira, granizo e até mesmo a própria luz solar. As instalações foram concluídas no primeiro semestre de 2020 e já começam a dar frutos. Até a primeira quinzena de julho, foram gerados 73 mil KWh, o que representa uma economia de R$ 46 mil e, principalmente, 36 árvores preservadas na natureza.

“Nossas usinas fotovoltaicas também fazem parte do nosso plano de atendimento aos ‘17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU’, mais precisamente aos ODS 7, 11 e 13, que dizem respeito à energia limpa e acessível, cidades e comunidades sustentáveis e ações contra a mudança climática global, respectivamente. Temos orgulho de fazer o bem para nosso associado, nossas comunidades e nosso mundo”, finaliza João Salvi.

 

Fonte:  Sicredi Centro Oeste Paulista


  
  
 
 
© Todos os direitos reservados ao SESCOOP/SP. Este material não pode ser publicado,
transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.