SESCOOP no Estado de São Paulo
Serviço Nacional de Aprendizagem
do Cooperativismo

 
 
           Login:      Senha:    
 
  
   
 
 

Institucional
Serviços
Programas e Projetos
Cursos e Eventos
Canais de Comunicação
 
  

Unimed Sorocaba volta a realizar transplantes renais
12/06/2019

Em abril, a Unimed Sorocaba voltou a realizar transplantes renais e, assim, está preparada para atender à demanda do Sistema Unimed, nesta e em outras cinco modalidades: ósseos, de córnea, de fígado, de fígado-rim (duplo) e de medula óssea (autólogo e alogênico). Todos esses procedimentos são realizados no Hospital Unimed Dr. Miguel Soeiro (HMS), pertencente à cooperativa médica sorocabana.

O HMS é o único hospital privado do interior paulista habilitado para realizar transplantes de fígado. Ele é, atualmente, o quinto centro com maior produção nesta modalidade de transplante, dentre as 34 equipes habilitadas no estado. “No caso dos transplantes hepáticos realizados no HMS, a média de sobrevida anual é de 87,8%, enquanto o índice estadual chega a 71,5%”, revela o vice-presidente da Unimed Sorocaba, Paulo Hungaro Neto.

Até hoje, a Cooperativa já realizou 1.140 transplantes (veja composição logo abaixo), somando as modalidades já citadas e os transplantes de coração. Foram beneficiados clientes diretos, de intercâmbio e pacientes cobertos com recursos do Sistema Único de Saúde (SUS).

Composição dos 1.140 transplantes já realizados:
• córnea: 698
• fígado: 159
• fígado-rim: 2
• medula óssea autólogo: 201
• medula óssea alogênico: 11
• coração: 21
• ósseo (tecnicamente denominado tecido ósteo-condro-fáscio-ligamentoso): 43
• rim (intervivos): 4
• rim (doador falecido): 1

Superar a barreira dos 1.100 transplantes é considerável. Contudo, Paulo Hungaro aponta outro viés dessa conquista: “Mais do que a expressividade quantitativa, temos alcançado índices altamente significativos de sobrevida, graças à capacitação técnica dos colegas médicos e colaboradores que atuam especificamente nessa área”, pontua.

Outro aspecto notável é que o aumento na quantidade de transplantes realizados exige reforço na retaguarda, potencializa e prepara o Hospital para todos os atendimentos de alta complexidade. “Felizmente, a UTI Adulto terá sua capacidade triplicada. O Centro Cirúrgico também ganhará um importante reforço no número de salas, com equipamentos avançadíssimos. ”, pondera Paulo Hungaro.

Durante alguns anos, a Unimed Sorocaba interrompeu os transplantes renais. Porém, em 2019, a modalidade foi reintegrada. “Estamos voltando com intensidade nesse tipo de transplante. Isso contribuirá para fortalecer ainda mais o nosso Centro de Transplantes dentro do Sistema Unimed”, acredita o vice-presidente. “Estamos nos sentindo muito realizados. Voltar a transplantar rins era um dos objetivos desta gestão, pois sabemos da importância que essa questão tem para os nossos clientes e para a população, de modo geral. ”, finaliza.

Este objetivo alcançado, está pautado na soma do nível de excelência da organização com a expertise dos médicos e colaboradores, juntamente com os resultados financeiros e de imagem para a instituição.

(Fonte: Unimed Sorocaba)


  
  
 
 
© Todos os direitos reservados ao SESCOOP/SP. Este material não pode ser publicado,
transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.