SESCOOP no Estado de São Paulo
Serviço Nacional de Aprendizagem
do Cooperativismo

 
 
           Login:      Senha:    
 
  
   
 
 

Institucional
Serviços
Programas e Projetos
Cursos e Eventos
Coopero por um Mundo Melhor
Canais de Comunicação
 
  

Sescoop/SP fortalece gestão de cooperativas por meio de ferramentas de diagnóstico
02/08/2017

A constante busca pela profissionalização da gestão cooperativa passa necessariamente pela gestão por meio de indicadores de desempenho. Uma eficiente administração é pautada por metas e indicadores que acompanham o desempenho do negócio, oferecendo aos gestores mecanismos rápidos e seguros para a tomada de decisão. Isso contribui de maneira significativa pela perenização do negócio cooperativo. Com esse objetivo, o Sescoop desenvolveu ferramentas de diagnósticos, que estão à disposição das cooperativas sem ônus, que avaliam desde o atendimento às conformidades legais de funcionamento de uma cooperativa (PAGC), passando pelo desempenho econômico-financeiro-social (GDA) e a maturidade da gestão (PDGC).

Para o gerente de Monitoramento e Desenvolvimento de Cooperativas do Sescoop/SP, Luis Antônio Schmidt, o objetivo do Sescoop é que esses instrumentos de diagnóstico e apoio à gestão estejam mais presentes no cotidiano das cooperativas paulistas. Para aprimorar o modelo de atendimento e melhorar ainda mais os serviços prestados às cooperativas paulistas, o Sescoop/SP tem reforçado o trabalho de disseminação dessas ferramentas de diagnóstico da gestão cooperativista.
Com esse propósito, desde o início de julho, a instituição tem atuado na sensibilização e aplicação do Programa de Desenvolvimento da Gestão das Cooperativas (PDGC) em nove cooperativas do ramo Agropecuário, que responderam aos questionários visando à geração dos relatórios de diagnóstico.
Para estimular a participação e sanar eventuais dúvidas dos dirigentes e colaboradores da cooperativa envolvidos no preenchimento dos questionários que compõem o PDGC, os consultores do Sescoop/SP acompanham presencialmente a aplicação das questões, também com o objetivo de garantir que os dados fornecidos reflitam melhor a realidade da cooperativa.
De acordo com a coordenadora de Desenvolvimento Humano do Sescoop/SP, Andrea Pinheiro, muitas cooperativas já tinham conhecimento sobre a existência do PDGC, mas não tinham ideia sobre os benefícios que o programa pode gerar. Segundo ela, o PDGC possibilita uma percepção mais realista em relação à gestão da cooperativa, avaliada em oito dimensões, de modo que ela possa buscar a melhoria nos critérios que julgar necessários e prioritários.
“A participação do consultor regional, que foi capacitado para contribuir com esse diagnóstico, auxilia na busca desses fatos que comprovem e validem os dados informados por meio do PDGC, visando à melhor qualidade da gestão, com benefícios para as cooperativas e para o Sescoop/SP”, explica a coordenadora.
O vice-presidente da Cooperativa Nacional Agroindustrial (Coonai), Marcelo Avelar, foi um dos que aderiu ao programa com incentivo do consultor regional. Após a experiência com o PDGC, ele recomenda que todas as cooperativas participem, monitorando os erros e os acertos da gestão da cooperativa periodicamente.
“No momento da adesão, vimos o programa como algo muito subjetivo e, inicialmente, buscamos as informações para aumentar o autoconhecimento e a autocrítica sobre a gestão da cooperativa. Depois, avaliamos que o resultado foi muito interessante. Ao longo do preenchimento já pudemos discutir internamente sobre algumas questões e, ao visualizarmos o gráfico-radar, pudemos identificar os pontos a serem melhorados pela cooperativa”, afirma.
Com o apoio dos consultores regionais, até o fim de agosto, o programa deverá ser aplicado nas cooperativas agropecuárias que já aderiram ao GDA. Além disso, qualquer cooperativa interessada pode aderir ao programa com o apoio do consultor regional. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (11) 3146-6200.


  
  
 
 
© Todos os direitos reservados ao SESCOOP/SP. Este material não pode ser publicado,
transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.